Nova pagina 2

 

 
Nova pagina 2

Principal   

Quem somos   

Últimas notícias   

Eventos   

Notícias da Saúde   

Artigos da Saúde   

Notícias da Enfermagem   

Vestibulares   

Instituições de Ensino   

Cursos e capacitações   

Concursos em Destaque   

Calculadoras   

Links Interessantes   

Terminologias   

Pesquisas e Estudos   

Biblioteca Virtual   

Enfermagem   

Biológicas e da Saúde   

Pós-Graduação   

Idiomas   

Áreas de Atuação   

Conselhos   

Enfer. em Saúde Pública   

Enfermagem do Trabalho   

Artigos   

Monografias   

Teses e Dissertações   

Leis,   
Decretos e Resoluções   

Código de Ética   

 
Nova pagina 2
   | 1 enfermeiros on-line

Concursos!  

  Notícias da Saúde
Federação Nacional dos Médicos revela que a saúde na Paraíba está na UTI

 

Após inspeção realizada nos principais hospitais da Paraíba, o presidente da Federação Nacional dos Médicos (FEMAN) Cid Carvalhaes, revelou em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (14), que a saúde no Estado da Paraíba encontra-se na UTI. 

Segundo o presidente, a situação da saúde no Estado é bastante caótica e desastrosa, que reflete o abandono aos hospitais e a falta de sensibilidade social por parte do Governo em relação à população paraibana. “Parece-me que a saúde pública na Paraíba não é prioridade dos gestores do Estado da Paraíba e nem do município de João Pessoa, estão tratando a saúde como um apêndice”, ressalta Carvalhaes. 

Ele revelou ainda, que solicitou audiência com representantes do Governo da Paraíba e da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), e não foi dada nenhuma resposta por parte desses gestores, o que demostrou ainda mais, a situação de desrespeito com a classe médica e com a saúde do Estado. 

Em relação ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, o presidente da FEMAN, disse que a situação reflete uma realidade de muito sofrimento, e que o atendimento e as acomodações do hospital encontrassem desastrosamente péssimos. “Na UTI do hospital não existe espaço físico adequado para acomodar os pacientes que são muitos na espera de atendimento, e ainda, observei a falta de profissionais adequados para aquela função. Tudo isso demostra, que o gestor da saúde é incompetente e incapaz”. 

Sobre a greve dos médicos no município de João Pessoa que hoje completa doze dias, o Presidente do Sindicato dos Médicos da Paraíba (SIMED/PB) Tarcísio Campos, disse que quanto mais tempo paralisação dos médicos demorar, a população de João Pessoa poderá perceber a incapacidade da gestora da secretaria de saúde do município. E ainda propôs a realização um debate entre os médicos e o prefeito da cidade com a presença da imprensa, para discutir os problemas encontrados na saúde. 

O presidente do SIMED/PB, disse que desde janeiro foi solicitado uma audiência com o Prefeito Luciano Agra, e até agora não recebeu nenhuma resposta, e o mesmo caso aconteceu com o Governo do Estado. Informou ainda, que a população poderá verificar o descaso encontrado nos hospitais da Paraíba, através do portal You tube, na pesquisa de nome CD trabalho médico.


Clickpb.com.br


 Este conteúdo foi visitado 1348 vezes.  

<< Voltar para a página anterior...
Livros - Submarino.com.br
Nova pagina 2

Nova pagina 2
 
 
 


Acompanhe nosso RRS

 

 

 
Nova pagina 2